Protocolamos ofício na Câmara a todos os vereadores para solicitar Audiência Pública

Nosso Sindicato protocolou ofício em todos os gabinetes dos vereadores a fim de pedir apoio nas reivindicações dos Professores ingressantes. No documento, o Sinseri solicita a realização de Audiência Pública com o objetivo de ampliar o debate e garantir essa reparação urgentemente.

ENTENDA OS FATOS

Em 11 de dezembro de 2015, o município de Itaquaquecetuba editou a Lei Complementar n.º 280, criando Estatuto e o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos do Magistério. Em 25 de maio de 2018, foi editada a Lei Complementar n.º 303, alterando dispositivos da Lei 280, inclusive referente a incorporação dos HTP’s nos vencimentos dos Professores da rede municipal de ensino até aquele momento.

Tal situação gerou desconforto aos novos Professores ingressantes, os quais reivindicam igualdade salarial, considerando que a diferença atinge o valor de R$ 500,00 ao mês. Esclarecemos que o Sindicato já protocolou diversos pedidos sobre o assunto, com a realização de reuniões na Secretaria de Educação do município. Ocorre que nenhuma resposta escrita foi apresentada até este momento.

Diante dos fatos, o Sindicato buscou o atendimento da reivindicação destes profissionais, em 23 de janeiro passado, protocolou junto à municipalidade ofício administrativo apontando duas possibilidades para solução da questão.

– Criação de cronograma de reuniões para discussão com o Sindicato e Comissão acerca da alteração do Plano de Cargo, Carreira e Vencimentos do Magistério Municipal;

– Concessão de abono salarial no importe de R$ 500,00 (quinhentos reais) para os Professores novos ingressantes que possuem salário base menor;

Porém, a Administração não abraçou a reivindicação destes profissionais, motivo pelo qual solicitamos apoio de vossas senhorias, na qualidade de integrante da Casa Legislativa de Itaquaquecetuba.

Nestas condições, o Sinseri solicita apoio para auxiliar no atendimento da reivindicação destes Professores ingressantes ao quadro do magistério municipal, assim como, a possibilidade de realização de Audiência Pública envolvendo estes profissionais, Poder Legislativo, Poder Executivo e Sindicato.

Estamos atentos ao retorno da Câmara e assim que possível traremos mais informações!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *