Sindicato se reúne com representantes do Governo para iniciar discussão da Campanha Salarial

Ocorreu hoje (6 de fevereiro) na Secretaria de Assuntos Jurídicos, a primeira reunião oficial da Campanha Salarial 2020. Pela entidade sindical estiveram presentes a presidente Clícia, o Dr. Rafael e o assessor Daniel. Representaram o Governo, a secretária Erivania, o secretário de Administração Renato e os procuradores Dr. Paulo e Dr. Wilson. Por mais um ano, o secretário de Finanças Willian Harada não participa de uma reunião de Campanha Salarial, pois tem algo mais importante neste momento que esta discussão sobre o reajuste de mais de 5 mil Servidores municipais.

A alegação da secretária Erivania sobre a ausência de um representante da Pasta de Finanças era de um compromisso na Receita Federal. No encontro, mais uma vez, foi falado das dificuldades financeiras do município. Insatisfeito, o Sinseri cobrou um compromisso maior da Administração nos assuntos relacionados aos anseios dos Servidores municipais. Ficou definido que no próximo encontro vamos ter um retorno da Pasta realmente responsável por apresentar os impactos financeiros, os quais não são de atribuição da Secretaria de Assuntos Jurídicos.

DESRESPEITO TOTAL

Ao contrário de muitos outros municípios, em que as negociações de Campanha Salarial ocorrem direta com a Secretaria de Finanças, aqui em Itaquá o tema reajuste salarial é tratado pela Pasta de Assuntos Jurídicos. Ou seja, o prefeito Mamoru e o secretário fogem, há anos, das tratativas relacionadas ao Servidor Municipal. Na reunião de hoje, os representantes da entidade sindical lembraram que 2020 é ano eleitoral e as decisões precisam ser mais imediatas.

PRESIDENTE CLÍCIA

“Esperamos ter algo concreto na próxima reunião. Essa enrolação para as tratativas do reajuste anual dos Servidores cansa. Todo ano a mesma coisa. Uma Administração séria cuida de fato daqueles trabalhadores responsáveis pelo bom funcionamento do município. E a melhor forma de cuidar é garantindo bons salários, ampliação de benefícios e condições dignas de trabalho”, afirma a presidente do Sindicato, Clícia.

PARA OS LEGALISTAS

Lembrando que o reajuste salarial está previsto no artigo 37, inciso 10, da Constituição Federal, e deve ser cumprido pela Administração Municipal sob pena de afrontar o princípio da LEGALIDADE. Assim que tivermos uma resposta formal iremos divulgar no site e nas redes sociais do Sinseri. Fique ligado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *