Sindicato se reúne com Vigias para tratar de demandas específicas

Nosso Sindicato se reuniu na última quinta, dia 4 de junho, para esclarecer aos Vigias sobre o processo de correção do padrão dos vencimentos do setor. No entendimento da Justiça local, os Vigias não têm direito, mas ainda cabe recurso. “O Sinseri continuará na luta em prol dos companheiros. Atendemos um anseio dos Servidores e estamos na luta para garantir essa correção”, afirma a presidente Clícia Mara Silva Damaceno.

AOS FATOS E PEDIDOS

Em maio de 2018, a Câmara publicou um edital de abertura de inscrições para concurso público, sendo que uma das funções era para o cargo de Vigia, com uma remuneração de R$ 1.339,39. Porém, a remuneração base dos Vigias que atuam na Prefeitura é de R$ 1.262,64. Com isso, os Vigias fizeram um requerimento (INDEFERIDO pelo Jurídico da Administração) requerendo a aplicação da LC nº 64/02, artigo 119, que diz:

“Os vencimentos dos cargos da Prefeitura e da Câmara Municipal deverão ser iguais, desde que suas atribuições sejam iguais ou assemelhantes”.

Vale reafirmar que o nosso pedido não é por EQUIPARAÇÃO SALARIAL, mas sim a necessidade de ser corrigido o padrão dos vencimentos base, nos termos da legalidade. Em relação aos anseios dos trabalhadores, o Sinseri reitera à vossa excelência que julgue totalmente procedente a ação consistente na obrigação de fazer.

A QUALQUER MOMENTO O SINSERI TRARÁ MAIS DETALHES!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *