“ADIN da Câmara tem por objetivo contemplar o Servidor efetivo”, afirma presidente Edson

A presidente do Sinseri, Clícia Mara Silva Damaceno, e o presidente da Câmara, Edson Rodrigues, estiveram reunidos na manhã de hoje (10) para tratar da ADIN (Ação Direta de Inconstitucionalidade) – processo nº 2211942-50.2019.8.26.0000 que questiona a gratificação dos COMISSIONADOS. Segundo o vereador, houve uma falta de comunicação e têm oportunistas “políticos” tirando proveito da situação e amedrontando alguns Servidores.

A ADIN É PARA AJUDAR

“A ADIN da Câmara tem por objetivo contemplar o Servidor efetivo e tirar a gratificação dos comissionados. A ação da Câmara é muito boa e tem gente querendo tirar proveito da situação e vão aos locais de trabalho colocar o pânico no trabalhador”, afirma o presidente da Câmara, Edson. O vereador reitera: “Assim que tivemos acesso ao ofício do Sinseri, imediatamente, entramos em contato com a entidade para esclarecer os fatos”.

PRESIDENTE CLÍCIA

Realmente, o próprio vereador entrou em contato no meu telefone para agendar uma reunião na segunda passada. Porém, por forças maiores, tivemos que reagendar para hoje. Foi bom ouvir o ingressante da ADIN. Pedimos apenas que todos os assuntos relacionados à nossa instituição, em especial ao Servidor municipal, sejam avisados ao Sinseri para acompanharmos cada andamento e defender os interesses do funcionalismo.

ENTENDA O CASO

Dia 23 de setembro, a Câmara Municipal ingressou com ADIN (Ação Direta de Inconstitucionalidade) – processo nº 2211942-50.2019.8.26.0000 – COM 23 PÁGINAS – questionando as gratificações recebidas pelos cargos comissionados da Prefeitura e funções gratificadas.

Contudo, três dias após, em 26 de setembro, a Câmara entrou com UM PEDIDO DE DESISTÊNCIA. Ou seja, tem a pretensão de barrar a ação. Mas no dia seguinte, 27 de setembro, a Justiça, por meio do Despacho da relatora Dr. Silvia Rocha, solicitou um esclarecimento da Câmara sobre o pedido de desistência da ADIN.

10 OUTUBRO REUNIÃO NA CÂMARA

Hoje estivemos na sala da presidência da Câmara para escutar o lado do vereador. Nosso advogado Dr. Rafael Ceroni Succi, que esteve presente na reunião, afirma: “O Sinseri aguarda ansioso o posicionamento da relatora da ADIN para assim em seguida definir os próximos encaminhamentos na defesa dos interesses dos Servidores efetivos”. Em suma, o assunto é delicado e estamos ligados EM CADA DETALHE!

CLIQUE AQUI E VEJA TODAS AS FOTOS NO NOSSO FACEBOOK

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *