Sindicato, Comissão de Servidores e Secretaria de Educação debatem demandas dos ingressantes

Nosso Sindicato tem por missão colher as reivindicações dos Servidores, dar orientações e levar todas as demandas para as discussões com as suas respectivas pastas. Assim sempre fizemos e assim vamos continuar fazendo. Hoje (13) representantes do Sinseri, da Comissão de Servidores e da Secretaria de Educação se reuniram para tratar de questões dos Professores ingressantes referentes os pagamentos da jornada de trabalho e HTPs.

ENTENDA O CASO

Primeiramente, após a entrada de muitos novos Professores na Prefeitura, o Sinseri passou a ser cobrado por esses ingressantes que foram ao Sindicato pedir apoio por entenderam que teriam direito diferenciado em relação aos pagamentos da jornada de trabalho. A seguir, gentilmente, a presidente Clícia e o Dr. Rafael recebiam um a um. Após essas reuniões, enviávamos ofício à Secretaria solicitando encontros para tratarmos do tema.

Por fim, sem resultado concreto e com a insatisfação dos Professores ingressantes, o Sinseri decidiu formar uma Comissão de Servidores (sendo todos eles sindicalizados) para tratar Sindicato, Comissão e Secretaria de Educação. E isso fizemos hoje (13). “A Secretaria tem um entendimento e os ingressantes outro. Foi necessário esse encontro para tratar do tema olho no olho e cada um apresentar seu ponto de vista”, afirma a presidente Clícia.

As reuniões vão continuar e, em breve, o Sinseri trará mais novidades!

VALE RECORDAR

Sinseri solicita e Secretaria da Educação autoriza reposição referente à greve de junho

Há algum tempo, o Sinseri afirma estar negociando com a Secretaria Municipal de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação a reposição do dia 14 de junho, quando ocorreu a greve geral, ato esse organizado por todas as Centrais Sindicais. Muitos profissionais da Educação participaram do movimento legítimo e até então teriam uma falta injustificada, algo que poderia trazer transtornos futuro para o coletivo. Quer saber como foi finalizado o caso? Clique aqui e leia a matéria na íntegra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *