Um desrespeito com o Servidor injustificável, senhor Mamoru. DECEPÇÃO TOTAL!

SERVIDOR: em ano eleitoral, quando você critica o atual prefeito, muitas vezes, passa a ser acusado de envolvimento com partido político, perseguição ou maldades por intrigas pessoais. Pois bem, nosso caso é outro: É INDIGNAÇÃO MESMO. DECEPÇÃO TOTAL! Hoje estou como presidente do Sinseri e este editorial representa a revolta dos mais de cinco mil Servidores municipais de Itaquaquecetuba com uma Administração Municipal cruel e injusta com a categoria.

Todos os anos, imploramos um reajuste salarial satisfatório. Enfrentamos o amadorismo da Administração. Tudo para contemplar o Servidor é difícil, precisa ser feito estudo e, em alguns casos, “eles precisam até do apoio da NASA”. Nesta Campanha Salarial, protocolamos nossa pauta de reivindicações em dezembro de 2019. Desde lá pedíamos reuniões para tratar de um dos temas mais importantes e apenas um encontro ocorreu e, até aqui, nenhuma proposta foi apresentada. A pandemia não poder servir como desculpa para esta Administração, porque a data-base da categoria foi em fevereiro.

UM DETALHE IMPORTANTE

Em contrapartida, em cada Campanha Salarial, em vez de sermos atendidos, somos perseguidos. Destaco 2018, quando pressionávamos e a Prefeitura pediu o retorno de todos os diretores, deixando apenas eu na entidade. Neste ano, em um dos momentos mais importantes, tenta tirar da entidade sindical a tesoureira Fátima. E sempre foi assim, Servidor. Somos atacados porque não aceitamos o desrespeito com o funcionário e partimos para o enfrentamento.

E FAZEMOS MAIS. Divulgamos, denunciamos, vamos à Justiça e cobramos o que é de direito para a categoria. Na quinta passada (7), entramos com um pedido no Ministério Público do Trabalho (MPT) a fim de interceder por uma mediação nas nossas negociações salariais de 2020.

Esperamos, Servidor, mais uma vez ser acolhido pela Justiça, assim como na greve mais recente, que garantimos 2,7% com muita luta.”

MAMORU: ainda há tempo de garantir um reajuste salarial digno para a categoria. Na maioria das cidades vizinhas os prefeitos já concederam esse ganho. Pense, repense e atenda ao Servidor. Não saia da Prefeitura como um traidor de voto, um irresponsável sem se importar com quem fez sua gestão funcionar em quase oito anos. A pandemia não pode servir como desculpa. Cadê o nosso reajuste salarial?! RESPEITE, PELO MENOS NESTE FIM DE MANDATO, O SERVIDOR!

  • Clícia Mara Silva Damaceno é presidente do Sinseri (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itaquaquecetuba) e diretora executiva da Fesspmesp (Federação dos Sindicato dos Servidores Públicos Municipais do Estado de São Paulo).

One thought on “Um desrespeito com o Servidor injustificável, senhor Mamoru. DECEPÇÃO TOTAL!

  • 8 de setembro de 2020 em 09:18
    Permalink

    SR MAMORO OLHA MAIS PELOS OS IDOSOS PORQUE TEM HOSPITAL MAIS PERTO DE NÓS QUE É HOSPITAL IPIRANGA MOGI E ARUJA E´UMA ABERRAÇÃO TEMOS QUE DESLOCAR PARA FRANCO DA ROCHA PORQUE NÃO MANDA SUA MÃE NÓS VOTAMOS PARA VC PARA TERMOS UM BOM CONVENIO E NÃO ESTA PORCARIA DE DR PREVINA QUE NÃO VALE NADA TIROU A AMIL E COLOCOU ESTA PORCARIA NO LUGAR . PRESTA MAIS ATENÇÃO NO VC FAZ COM OS SERVIDORES DESTA PREFEITURA VILMA SOU ENFERMEIRA APOSENTADA

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *